segunda-feira, 7 de maio de 2012

Ervas Medicinais: Anis-estrelado

Erva: Estrela-de-anis ou anis-estrela (Illicium verum)

Significado: Seu nome latino deriva do inglês “allurement” - encantamento, fascinação. Planta belíssima, tem uso milenar como condimento, medicamento e planta mágica.

Origem: É uma planta originária da China; Lord Cavendish foi o primeiro a conhecê-la na China, no século XIX, e quem o introduziu na Europa. É considerada uma especiaria. Possui um aroma idêntico ao do anis, pois contém o mesmo óleo, embora seja mais forte.

Descrição: O anis-estrelado é uma árvore que pode chegar a até 10 metros de altura produzindo pequenas flores amarelas. Suas folhas são largas e de verde muito intenso, e o que mais caracteriza esta planta são seus frutos na forma de estrela, sendo que no interior de cada “ponta” existe uma semente.

Esta árvore parece com o pé de eucalipto, e pode produzir até 4.000 frutos por colheita. Possui coloração marrom e forte aroma característico, sendo muito mais forte que a erva-doce ou o funcho.
Uso Medicinal: É conhecido também por suas propriedades antissépticas, anti-inflamatórias, calmantes, digestivas, diuréticas e, também, aromáticas.

Indicações: Distúrbios gastrointestinais (dispepsia), gases estomacais e intestinais, aerofagia, flatulência, tosse, resfriados, cólicas intestinais em recém-nascidos. mau-hálito (para esse problema, basta chupar o fruto do anis-estrelado, não precisa fazer uma infusão. Esse remédio é conhecido também como bala de anis).
Modo de preparar o chá:
 Infusão: uma colher (pequena) de anis estrelado em uma xícara de água fervente. Deixar esfriar e coar. Beber uma ou duas xícara por dia.

Outros usos: Na culinária, a estrela-de-anis é utilizada para produzir óleos essenciais e aromatizar bebidas alcoólicas, como a sambuca. É a partir desta planta que se produz o principal fármaco para tratamento da Gripe A, o Oseltamivir (nome comercial: Tamiflu).

  • O anis-estrelado pode ser guardado em um pote fechado com açúcar por pelo menos um mês. Polvilhe o açúcar aromatizado quando fizer receitas de biscoitos, bolos ou bolinho de chuva.
  • Pode-se ferver leite com alguns frutos do anis e empregá-lo na produção de bolachas, pães ou outros produtos.
  • Usa-se também em licores ou outras bebidas alcoólicas.
  • O chá de anis estrelado se faz com toda a folha (estrela) ou só com a semente que tem dentro das estrelas. Esse chá é recomendado contra gripes, inclusive contra a gripe A.
Anis-estrelado no Brasil: Não temos muitas aplicações do anis-estrelado em nossa cultura, mas pode-se preparar um delicioso chá para ser tomado tanto quente quanto gelado. Pode-se ferver leite com alguns frutos do anis e empregar este leite na produção de bolachas, pães ou outros produtos.

Usa-se também para a produção de licores ou outras bebidas alcóolicas. Os chineses utilizam apenas um fruto para temperar pedaços grande de carne, e acreditam que se cozidos juntamente com os frutos do mar evitariam possíveis envenenamentos.

Partes usadas: Frutos com suas sementes (muito rico em óleos essenciais, são utilizados principalmente como aromatizantes).
Contraindicação: Não deve ser ingerido durante a gravidez e na aleitação.

Dosagem: A dose média diária é cerca de três gramas de planta. Pode ser tomada em infusão e, neste caso, adiciona-se 0,5 a 1g de frutos por xicara e toma-se uma xicara depois das refeições. O consumo pode ainda ser em cápsulas (pó) ou sob a forma de extrato seco (100 a 300mg por dia).

Independentemente da forma ou da dosagem, o importante é primar pela qualidade; se tiver alguma dúvida, pode sempre aconselhar-se com o seu médico ou falar com o seu técnico de saúde.

Uso Mágico: Ajuda com os sentimentos e na liberação de emoções; adivinhação, purificação, sorte.

Obs. Existe uma grande confusão com o nome "anis". No Brasil refere-se ao anis estrelado, só que no resto do mundo o termo "anis" ou "anis-verde" é empregado quando se refere à planta Pinpinella anisum, que aqui no Brasil é chamada de "erva-doce".

O anis-estrelado não é muito empregado no Brasil, provavelmente devido ao preço um tanto quanto salgado. Não é cultivado em nosso território, sendo importado principalmente da Europa.


3 comentários: